quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Quer ganhar 1 Milhão de Dólares?


        
 

Basta resolver um dos 7 enigmas da Matemática que ainda não foram solucionados. Esse prêmio está sendo oferecido pelo Instituto de Matemática Clay com apoio da Universidade de Harvard e o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts). Se alguém conseguir resolver os sete, leva 7 milhões de dólares. Quer tentar? Eis os enigmas milionários.

          1. HIPÓTESE DE RIEMANN
A seqüência dos números primos (2; 3; 5; 7; 11; 13; 17; 19; 23; ...) parece não apresentar lógica alguma. Descrever uma regra (uma fórmula) que seja capaz de explicar o comportamento dos números primos. Que seja capaz de dizer quantos primos existem até um certo número.
E por quê hipótese de Riemann?
Georg Bernhard Riemann (1826 - 1866) já tentou fazer isso. A fórmula que ele conseguiu foi testada para o primeiro 1,5 bilhão de números. Deu certo, mas isso não significa que seja válida para todos. Logo o problema está em aberto.
         2. POLINOMIAIS NÃO-DETERMINÍSTICOS

Muitos problemas podem ser descritos como polinomiais não-determinísticos, ou seja, são problemas que podem ser usados como apoio para provar se a pequena fórmula P = NP  é verdadeira ou falsa.
"Digamos que esteja sendo organizado um evento para 400 pessoas numa universidade e que nas instalações da mesma só haja lugar para 100. Para piorar as coisas, o reitor forneceu uma lista de pares de pessoas incompatíveis, que sempre brigam, e exigiu, que na escolha final, nenhum desses pares aparecesse.
Obs: Nem supercomputadores conseguiram resolver esse problema. Quer se arriscar?
        
        3.HIPÓTESE DE POINCARÉ

Henri Poincaré (1854-1912) propôs o problema da laranja na quarta dimensão. "Imagine uma forma esférica (uma laranja ou o próprio planeta Terra) com 3 dimensões (comprimento, largura e altura)". Prove que o cabinho da laranja ou o pólo norte da Terra pode ser ligado a qualquer ponto na superfície da fruta ou do planeta por um único meridiano. Agora demonstre que além disso, todos esses meridianos se cruzam em apenas um único outro ponto: o pólo sul. Fácil? Só parece.
Para 3 dimensões, esse problema já foi resolvido, mas para 4 dimensões, só valendo 1 milhão de dólares.
        
         4.EQUAÇÕES DE NAVIER-STROKES
Ondas nos lagos? Parece tão simples.
Basicamente as equações de Strokes tentam descrever o comportamento de objetos quando são inseridos no meio fluído, por exemplo nas ondas de um lago. O problema não está em encontrar respostas para tais equações, mas saber se essas equações possuem respostas e se elas são únicas.
       
          5.CONJECTURA DE HODGE
Em 1950, o americano Willian Vallance Douglas Hodge fez a apresentação de um problema. Hodge sugeriu que as equações  capazes de descrever determinados formatos cíclicos em várias dimensões poderiam ser geradas a partir de formas geométricas mais simples, similares a curvas. Você consegue imaginar e provar isso? Nem por 1 milhão de dólares?

            6.TEORIA DE YANG-MILLS
Trata-se das equações que lidam com um tipo de força presente no núcleo dos átomos denominada "força nuclear forte". Se alguém conseguir entender primeiro essa idéia física e criar uma teoria para sustentá-la, embolsa o cheque de 1 milhão de dólares.


          7.CONJECTURA DE BIRCH E SWINNERTON-DYER
    O último problema do milênio é um parente do Último Teorema de Fermat, aquele que levou mais de 300 anos para ser demonstrado e acabou sendo vencido pelo inglês Andrew Wiles em 1993 (a demonstração estava incompleta, mas, pouco tempo depois, Wiles conseguiu apresentar uma prova correta). O Último Teorema de Fermat diz que equações do tipo xn + yn = zn só têm soluções x, y e z se n = 2. Traduzindo: um número elevado ao quadrado pode ser igual à soma de dois quadrados, mas nenhum número ao cubo é a sorna de dois cubos, nenhum número à quarta é a soma de dois números à quarta e assim por diante. De modo mais geral, foi provado, em 1970, que não existe um método para saber quando equações semelhantes às do Último Teorema de Ferrnat têm ou não solução (esse, aliás, era o décimo problema que Hilbert apresentou em 1900). " Mas, em casos especiais, é possível afirmar alguma coisa", diz Wiles em sua apresentação a esse problema do milênio. A conjectura de Birch e Swinnerton-Dyer tenta justamente descrever alguns desses casos. 


                                      Meus caros leitores se você gosta de matemática essa é  a oputunidade, valhe resaltar que a HIPÓTESE DE POINCARÉ ou Conjectura de Poincaré já foi resolvida por um matematico Russo que rejeitou o prêmio agora é a sua vez. Tenta provar e ganhar 1 milhão de Dólares. Boa Sorte.

22 comentários:

  1. o seu blog é realmente muito bom
    Vanessa

    ResponderExcluir
  2. Eu bem que gostaria de resolver uma dessas equações...
    henrique

    ResponderExcluir
  3. hahahaha bem que eu gostaria de resolver uma equaçao desse tpo mais eu sou normal e não doido.

    Fabiano Sousa

    ResponderExcluir
  4. A MATEMATICA é realmente surprendente, pois da um premio desse só sendo a matemática.
    prof. Emanuel

    ResponderExcluir
  5. ainda existe pessoas que passam informação de boa qualidade em nossa cidade.
    Gustavo

    ResponderExcluir
  6. professor o senhor bem que poderia resolver esse problema.

    ResponderExcluir
  7. Já pesquisei muito assuntos interressantes na internet, onde já vi muita bobagem mais em relação a esse blog, embora seja novo tem muita qualidade e boa informação. Gosto de sempre endicar com conteudos bons para meus amigos e esse blog não deixa nada a deseijar. Enquanto muita gente colocar pornografia e assuntos quem não tem nada haver. Parabéns professor pelo seu blog só espero que as pessoas da sua cidades e em especial aos alunos saibam valorizar o seu trabalho.

    Carlos Viera Sousa

    ResponderExcluir
  8. A boa matemática é explicada quando aparece pessoas com indoli de qualidade e inteligencia para assuntos tão complexos.
    Irene Vaz

    ResponderExcluir
  9. com uma bolada dessas eu ficaria de boa o resto da vida....

    ResponderExcluir
  10. A cada dia vemos e houvimos noticias que nos intristece, mais quando vemos uma postagem com qualidade e principalmente conteudo nos deixa feliz.
    Verano Luiz

    ResponderExcluir
  11. Somente a matematica e a fé em Deus nos levarar um mundo melhor e moderno

    ResponderExcluir
  12. É muito bom esse blog, parabens professor pelo exelente trabalho nessa area.

    Wilber

    ResponderExcluir
  13. quizera eu tivesse a capacidade de resolver um desses problemas sertamente estaria muito rico, valeu pela informção professor.
    Luiz Otavio

    ResponderExcluir
  14. gostei muito do seu blog tem conteudo... mais ainda não quero ficar doido resolvendo um problema desses.

    ResponderExcluir
  15. a cada dia a matematica se eleva mais e mais num ritmo alucinante com teoremas e axiomas complexos para nos simples mortais.
    Prof. Hugo

    ResponderExcluir
  16. A vida é cheia de desafios e conquistas e cabe a nós desafia-las, espero que acha um brasileiro consiga resolver um desses problemas para mostrar que o nosso país não só de novelas e futebol.

    Willian

    ResponderExcluir
  17. o blog é muito bom mesmo indicação de um amigo gostei muito.

    ResponderExcluir
  18. gostei muito do seu blog professor parabens

    ResponderExcluir
  19. seja o melhor no que faz e sempre retornarar com maior intenção...
    Beto

    ResponderExcluir
  20. professor o senhor tem mito potencial e não pode deixar o seu valor desperdiçado, obigado pela capacidade, percerverança, integra e profissionalismo.


    Marcelo Sousa

    ResponderExcluir
  21. gostei muito vou ver se quero os 7 mimilhões não ta doce mais não ta dificio como imaguenei NEEMIAS do BRASIL fala, a pouco tempo vc vão ver

    ResponderExcluir
  22. aparti de hoje vou tentar resouver a
    3.HIPÓTESE DE POINCARÉ

    ResponderExcluir

Google+ Badge